www.esmeraldanoticias.com.br
                       

Novo desafio virtual induz crianças a praticar suicídio

8013_1_620pxUma nova ‘brincadeira’ virtual tem colocado a vida das crianças brasileiras em risco. Conhecido como “Desafio da Boneca Momo”, o jogo influencia as crianças a cometerem suicídio por sufocamento e já causou a morte de um menino de nove anos em Recife (PE).

Via WhatsApp, as crianças são induzidas a cumprir os “desafios” através do medo, visto que a ‘boneca momo’, imagem utilizada pelos hackers, é uma estátua japonesa cujo rosto é meio humano, meio pássaro, com olhos esbugalhados, que no conjunto se transforma em uma figura aterrorizante.

Enquanto as crianças avançam no jogo, os hackers sugam informações pessoais das vítimas e das famílias e as utilizam para que elas continuem jogando. O principal seria o do sufocamento, que faz a criança “testar” quando tempo consegue ficar sem respirar, levando-a enforcar a si mesma para concretizá-lo.

O delegado Eduardo Botelho ressaltou a importância da fiscalização por parte dos pais frente aos objetos e brinquedos utilizados pelos filhos. “Aquela alegação de direito de privacidade, a gente tem que ter uma ressalva quando se trata de crianças. O pai tem que ter acesso, sim, e tem que ter ciência do que o filho, que é criança, ou adolescente, está acessando no smartphone ou no computador”, afirmou o delegado.

“Então, o que nos resta é buscar uma relação próxima entre pais e filhos, para que os filhos sintam confiança nos pais e conversem sobre qualquer assunto, sem existência de tabu. Porque é muito melhor, na prática, que os pais possam conversar com os filhos sobre assuntos mais polêmicos, por exemplo, sexo, drogas e início da puberdade, do que uma pessoa estranha, que pode acabar influenciando o pré-adolescente a escolher um caminho equivocado”, concluiu.

Fonte: Cleber Vieira

Se você não quer virar notícia não deixe que o fato aconteça,
acesse:www.esmeraldanoticias.com.br
Aqui a notícia em primeiro lugar e em tempo real

Deixe uma Resposta

Imagens

Entrar | Desenvolvido por HNews themes