www.esmeraldanoticias.com.br
                       

Dom Francisco disse ter sido surpreendido com nomeação para Bispo da Diocese de Petrolina – PE

ANIVERSÁRIO-DE-D-FRANCISCONa manhã dessa quarta-feira (03), Dom Francisco Canindé Palhano anunciou sua nomeação através do Santo Padre o Papa Francisco, lhe designando Bispo da Diocese de Petrolina – PE.

Nossa reportagem esteve na Casa do Bispo, o Bispado e conversou com Dom Francisco, que revelou, “se o Senhor me quer nessa nova missão é sempre uma surpresa, mas uma surpresa que é marcada pela força e pela graça de Deus, após 11 anos pastoreando esse rebanho ao qual eu tanto amei e continuo amando, estarei com o coração aberto e disponível para seguir como o Senhor quer, utilizo inclusive aquele texto que diz ‘assim como quiseste Tu o fizeste’”, disse.

Dom Francisco Canindé Palhano, foi eleito Bispo para a Diocese de Bonfim, pelo Papa Bento XVI em 26 de julho de 2006. O início de seu Ministério Episcopal na Diocese de Bonfim se deu em 26 de novembro de 2006, seu lema Episcopal é: “OPORTET ILLUM REGNARE” (1Cor 15,25) “É NECESSÁRIO QUE ELE REINE”.

O repórter Netto Maravilha perguntou a Dom Francisco sobre seu legado deixado na Diocese de Bonfim, e ele respondeu, “certamente o grande legado que o Bispo deixa é o esforço que fez para que as pessoas amasse mais a Jesus, Nosso Senhor, conforme meu lema, ‘É Necessário que Ele Reine’, então é nessa consciência tão clara, tão evidente, tão forte, que o Bispo deixa a Diocese com este legado, 1º ter se preocupado com os fieis, com seu povo, seu rebanho, e preocupado com o rebanho, consegui ordenar com a graça de Deus 16 novos sacerdotes, e no próximo domingo ordenarei dois novos diáconos para a igreja de Jesus, aqui nesta igreja diocese do Senhor do Bonfim, e deste legado o Bispo procurou cada vez mais dá uma nova dinâmica em tudo aquilo que precisava ser melhorado, transformando e que precisasse ter um novo rosto, assim entra o restauro do Bispado, 6 anos de trabalho, não para ser uma casa de Dom Francisco, pois ela não me pertence, mas é um legado que deixo para a diocese, para a cidade, para o município, esperando que o novo bispo não vá se preocupar nem se ocupar com aquilo que conseguimos fazer nesses seis anos de restauro, também o legado de deixar a reforma da catedral em curso, a partir de um projeto de um arquiteto, o Padre Silvano da Diocese de Caruaru –PE, e esse legado certamente vai ser cumprido porque já há um novo vigário e um novo pároco na paróquia do Senhor do Bonfim, Catedral, para isso a festa terá sua abertura domingo prolongando-se até o dia 17 de janeiro, feriado municipal, do Senhor do Bonfim, da época do professor Paulo Machado, em tratativas com o Bispo e a Câmara municipal e a prefeitura para que referendasse essa data para ajudar aos fiéis a viverem sua devoção”. Acrescentou.

Dom Francisco falou sobre sua chegada à cidade de Senhor do Bonfim, “mesmo tendo chegado à cidade de Senhor do Bonfim, sem conhecer nada e ninguém, mas fui muito amado e amei muito o meu povo, as pessoas demonstraram sempre um bem querer, muito especial por mim, este homem que vem lá das terras Potiguares, e aqui fez essa história conforme foi a vontade Deus, agradeço muito o apoio, o carinho a amizade de tantos e tantos, sacerdotes, leigos e leigas, consagrado e consagradas, pessoas que estão ai no poder público, na administração, agradeço tudo isso e quis sempre dar a minha humilde e pequena parcela de contribuição para que Senhor do Bonfim progredisse, crescesse, tivesse uma outra marca a marca do bem e nessa marca do bem as pessoas serem felizes devidamente promovidas como elas devem ser”. Dom Francisco ainda comentou sua expectativa para o novo episcopado em Petrolina, e acrescentou, “para Petrolina, o Bispo leva na bagagem, a saudade, as lembranças de tudo aquilo que foi feito aqui, nesta cidade, nesta igreja diocesana, e a abertura de escutar o Colégio de Consultores com o Administrador Diocesano, escutar o clero e a partir daí dar as diretrizes, as orientações os rumos para que aquela sede possa crescer na medida do amor de Deus aquela sede diocesana, e que sabe chegue até a ser uma sede metropolitana, a partir de tudo aquilo que for desejo de Deus e empenho do Bispo, do clero e do povo fiel do Senhor”, falou Dom Francisco.

Sobre sua mudança para a Diocese de Petrolina

“Eu quero dizer ao povo de Bonfim que a partir de hoje (03), não serei mais o Bispo Diocesano de Bonfim, e sim o Administrador Diocesano de Bonfim, até a minha posse em Petrolina que possivelmente acontecerá em março, estou aberto disponível e pronto para fazer esse caminho, a quem me acompanha por este veículo de comunicação eu quero deixar a minha alegria, a minha saudade, mas sobre tudo a minha benção, contando com a intercessão de Nossa Senhora Nossa Mãe, e está benção seja dada em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, amém”, finalizou Dom Francisco.

Fonte: Blog do Netto Maravilha

Se você não quer virar notícia não deixe que o fato aconteça,
acesse:www.esmeraldanoticias.com.br
Aqui a notícia em primeiro lugar e em tempo real

Deixe uma Resposta

Imagens

Entrar | Desenvolvido por HNews themes