www.esmeraldanoticias.com.br
                       

Gleisi culpa Lava Jato e Moro por ataque a tiros contra acampamento pró-Lula

IMAGEM_NOTICIA_5 (4)Em vídeo postado nas redes sociais na manhã deste sábado (28), a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), condenou os tiros que atingiram dois petistas no acampamento em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e culpou a Operação Lava Jato pelo recrudescimento dos “ataques fascistas” contra os apoiadores de Lula. No vídeo, Gleisi diz que o ataque “é resultado desse processo construído de perseguição contra o presidente Lula, contra o PT, contra os movimentos de esquerda”. “A Lava Jato e o juiz Sérgio Moro, que coordena essa tarefa, têm responsabilidade objetiva nisso, assim como a grande mídia, que dia após dia, incita o ódio contra Lula, contra o PT, e acontecem essas coisas que estamos vendo aqui”, declarou. Para Gleisi, os políticos que estimulam a violência também são responsáveis pelos ataques dos últimos meses. A senadora contou que está a caminho do Chile, onde participará da reunião com a frente de esquerda de vários países e com a ex-presidente chilena Michele Bachelet. Ela afirmou que aproveitará o encontro para fazer uma “denúncia internacional” das ações contra os petistas. “Está ficando cada vez mais feio para o Brasil essa situação”, afirmou. Mais cedo, a Comissão Executiva Nacional do PT divulgou nota repudiando o ataque a tiros contra o acampamento pró-Lula em Curitiba e chamou o episódio de “atentado político”. Os petistas reclamaram que não é a primeira vez que os apoiadores do ex-presidente, agora preso na Superintendência da Polícia Federal no Paraná, sofre um ataque “fascista”. “O ataque é mais um episódio de violência política contra a democracia e acontece um mês depois de tiros terem atingido ônibus da caravana Lula Pelo Brasil no interior do Paraná. Até agora não foram presos os autores dos disparos feitos no mês passado e tampouco os desta madrugada”, criticou a cúpula do PT. Segundo a nota, foram disparados mais de 20 tiros que deixaram um integrante do acampamento Marisa Letícia em estado grave no hospital em virtude de um tiro no pescoço e outra vítima atingida por estilhaços. Os petistas afirmaram que após o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, “aumentaram os ataques e assassinatos contra lideranças sociais no campo e na cidade”, entre elas a morte da vereadora do PSOL Marielle Franco, e atacaram a suposta “omissão conivente” das autoridades e da imprensa que “silencia ante a barbárie crescente”. “O mundo inteiro conhecerá mais um crime político que se cometeu no Brasil depois do golpe. O Partido dos Trabalhadores exige punição imediata dos criminosos. Chega de conivência! Basta!”, finalizava a mensagem da Executiva do PT. O acampamento chega a sua terceira semana instalado nas imediações da PF em Curitiba. A organização da “Vigília Lula Livre” disse que houve hoje (28) uma tentativa de homicídio “motivada pelo ódio e provocação de quem não aceita que a vigília é pacífica”. Os petistas afirmam que no feriado de 1º de Maio farão um evento “com presença massiva” e que não se intimidarão com os ataques. Os petistas também cobraram da Secretaria Estadual de Segurança a identificação dos autores do atentado.

Fonte: PortalDeNoticias.net

Se você não quer virar notícia não deixe que o fato aconteça,
acesse:www.esmeraldanoticias.com.br
Aqui a notícia em primeiro lugar e em tempo real

Temer chama suspeitas de ‘canalhada’ e diz que PF tenta ‘enlamear’ nome de Michelzinho

IMAGEM_NOTICIA_5 (3)O presidente Michel Temer chamou de “canalhada” a suspeita da Polícia Federal de que ele tenha lavado dinheiro em transações de um imóvel doado a Michelzinho, seu filho de nove anos. De acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, ele disse em reunião com aliados que tentavam “enlamear o nome de uma criança” e que os investigadores haviam perdido “o limite da falta de respeito”. A origem da exaltação do presidente foi uma reportagem publicada pelo próprio jornal, apontando as principais suspeitas da PF no inquérito sobre a atuação do emedebista no porto de Santos. Os investigadores desconfiam que ele pode ter branqueado capitais em reformas e empreendimentos hoje em nome de familiares.

Fonte: Bahia Notícias

Se você não quer virar notícia não deixe que o fato aconteça,
acesse:www.esmeraldanoticias.com.br
Aqui a notícia em primeiro lugar e em tempo real

Lula acusa Moro de desacatar o STF em carta enviada à Gleisi Hoffmann

IMAGEM_NOTICIA_5 (2)O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso na sede da Polícia Federal em Curitiba, escreveu uma  carta criticando ações do juiz Sérgio Moro, responsável pelo seu pedido de encarceramento. “Fiquei perplexo ao saber que o Moro e o Ministério Público não vão cumprir a determinação do STF (Supremo Tribunal Federal)”. De acordo com a coluna Painel, a carta foi destinada a presidente do PT, Gleisi Hoffmann. Lula critic a a decisão de Moro de mantes as ações penais contra Lula sob sua jurdisdição, enquanto o STF havia determinado que fosse enviado à Justiça de São Paulo. “Que país é esse em que uma instância inferior desacata a superior, em que um juiz de primeira instância desacata os ministros da suprema corte?”, questiona o ex-presidente na carta. A carta foi recebida pela presidente petista na sexta-feira (27), um dia após Moro informar que iria aguardar a publicação do acórdão do STF para deliberar sobre a remessa dos procesoss de Lula para a Justiça Federal em São Paulo.

Fonte: Bahia Notícias

Se você não quer virar notícia não deixe que o fato aconteça,
acesse:www.esmeraldanoticias.com.br
Aqui a notícia em primeiro lugar e em tempo real

Trump anuncia que fará reunião com Coreia do Norte ‘em três ou quatro semanas’

IMAGEM_NOTICIA_5 (1)O presidente estadunidense Donald Trump anunciou neste sábado (28) que irá se reunir com o líder norte-coreano, Kim Jong-un em “três ou quatro semanas”. O anúncio é realizado após a reunião entre o líder norte-coreano com o sul-coreano, Moon Jae-in na última sexta-feira (27). A estimativa de Trump representa uma antecipação em relação às estimativas da Casa Branca, que havia divulgado que a reunião aconteceria no final de maio ou início de junho. “Acredito que vamos ter um encontro nas próximas três ou quatro semanas”, afirmou Trump em discurso em Michigan para seus simpatizantes. O presidente norte-americano destacou que a reunião será importante por conta da discussão da “desnuclearização da península da Coreia”. O tema já havia sido discutido entre a Coreia do Norte e o secretário de Estado do governo Trump, Mile Pompeo, em abril.

Fonte: Bahia Notícias

Se você não quer virar notícia não deixe que o fato aconteça,
acesse:www.esmeraldanoticias.com.br
Aqui a notícia em primeiro lugar e em tempo real

MPF irá pagar para repatriar ouro e diamantes de Cabral na Suíça avaliados em R$ 9,6 mi

IMAGEM_NOTICIA_5O Ministério Público Federal (MPF) terá que pagar a conta do transporte especializado e de um seguro, para resgatar ouro e diamantes guardados em cofres em Genebra, na Suíça, atribuídos por delatores ao ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral. De acordo com informações do O Globo, os 4,5 quilos de ouro e 27 pedras de diamantes, avaliados em R$ 9,6 milhões, descobertos Operação Eficiência, da Polícia Federal, estão guardados há mais de um ano no local. O material está emperrado por conta de um impasse com as empresas contratadas para fazer o transporte para o Brasil, que exigem a contratação de um seguro para o caso de extravio. Ainda segundo a publicação, a negociação é conduzida pela Secretaria de Cooperação Internacional (SCI) e pela Secretaria-Geral da Procuradoria-Geral da República (PGR), em Brasília. “Estamos desenvolvendo a parte burocrática para repatriar esses bens. Não é muito simples, há um seguro a ser contratado e precisa ter a transportadora especializada. A empresa pede o seguro e tem que ver a questão aduaneira lá e aqui”, disse o procurador da República Leonardo Cardoso de Freitas, que integra a força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro. “Quem vai pagar somos nós. O MPF, em princípio. A procuradoria está vendo isso. A gente está cotando, mas confesso que não sei os valores. São transportadoras de renome internacional”, explicou. Ele diz ainda que não há previsão de chegada dos bens ao Brasil, mas conta que todo material deve ser trazido por avião e armazenado em um cofre no Banco Central, à disposição do juízo da 7ª Vara Criminal Federal do Rio. “Encontrei uma certa dificuldade porque é muito nova essa coisa de internalizar ouro e diamantes”, disse o procurador, para justificar a demora. “Não encontramos nenhuma rotina existente e nenhum precedente para seguir. Trazer fisicamente complica um pouco. Como ninguém tinha feito, estamos tendo que desenvolver uma rotina do começo”, acrescentou. A PGR não informou, no entanto, o valor do seguro nem qual empresa fará o serviço de entrega.

Fonte: Bahia Notícias

Se você não quer virar notícia não deixe que o fato aconteça,
acesse:www.esmeraldanoticias.com.br
Aqui a notícia em primeiro lugar e em tempo real

Operação na casa de Wagner é ‘perseguição política’, afirma presidente nacional do PT

IMAGEM_NOTICIA_5 (2)O Partido dos Trabalhadores classificou como perseguição política a Operação Cartão Vermelho (entenda aqui), deflagrada na manhã desta segunda-feira (26), tendo como principal alvo o ex-governador da Bahia e atual secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner. A casa do petista, localizada no condomínio Victory Tower, no Corredor da Vitória, em Salvador, foi alvo de mandado de busca e apreensão (confira aqui). Em nota assinada pela presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, a ação foi chamada de “invasão”. “A invasão da residência do ex-governador Jaques Wagner por agentes da Polícia Federal, na manhã de segunda-feira (26) é mais um episódio da campanha de perseguição contra o Partido dos Trabalhadores e suas principais lideranças”. Ainda segundo a senadora, a operação tem relação com o crescimento das intenções de voto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas pesquisas. “A escalada do arbítrio está diretamente relacionada ao crescimento da pré-candidatura do ex-presidente Lula, nas pesquisas, nas manifestações populares, nas caravanas de Lula pelo Brasil. Quanto mais Lula avança, mais tentam nos atingir com mentiras e operações midiáticas. Nossa solidariedade ao companheiro Jaques Wagner e sua família”, finaliza a nota. Wagner é acusado de receber R$ 82 milhões em propina do consórcio responsável pela construção da Arena Fonte Nova, na capital baiana (leia aqui). Ainda segundo a PF, um laudo pericial atestou superfaturamento na ordem de R$ 450 milhões nas obras do local, sendo que parte desse valor teria sido desviada, em forma de propina, para financiamento de campanha eleitoral.

Fonte: Bahia Noticias

Se você não quer virar notícia não deixe que o fato aconteça,
acesse:www.esmeraldanoticias.com.br
Aqui a notícia em primeiro lugar e em tempo real

‘No mínimo a gente estranha’, diz Wagner sobre possível uso político de investigação

IMAGEM_NOTICIA_5 (1)O secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, comentou sobre o eventual uso político da investigação que apura o pagamento de propina no valor de R$ 82 milhões para ele (veja mais). Em entrevista à imprensa na tarde desta segunda-feira (26), ele disse estranhar o contexto pelo fato dele já ser considerado como um “plano B” para o PT caso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja impedido de disputar a eleição deste ano. “No mínimo a gente estranha, porque tem cinco anos de investigação”, comentou Wagner. “E quando a gente chega no ano eleitoral, efetivamente eu sou citado como plano B. O [Fernando] Haddad é citado como plano B e também foi contra ele aberto um inquérito. Prefiro que as coisas se esclareçam para a gente se defender”, disse o secretário. O titular da SDE foi alvo de mandados de busca e apreensão como parte da Operação Cartão Vermelho. Uma equipe da Polícia Federal cumpriu um deles na residência de Wagner, localizado no Corredor da Vitória. Wagner também ironizou a participação na investigação de delatores que já estariam “na Suíça passeando de ski, então falam o que quiser”.  Ele lembrou ainda que Odebrecht e OAS, empresas vencedoras da PPP da Fonte Nova, não ganharam outras concorrências promovidas pelo governo do estado que renderiam um montante ainda maior. “Se o que o delator fala serve para me acusar, eu também tenho o direto de pedir a ela que pergunte: por que eles saíram da questão do metrô? Quem ganhou foi outra empresa. Quando eles não ganham, não serve como prova de inocência. Quando eles ganham, serve como prova para me incriminar”, disse. À imprensa, Wagner também garantiu não ter recebido propina como parte da PPP da Fonte Nova (veja mais).

Fonte: Bahia Noticias

Se você não quer virar notícia não deixe que o fato aconteça,
acesse:www.esmeraldanoticias.com.br
Aqui a notícia em primeiro lugar e em tempo real

Defesa questiona operação e cogita pedir nulidade de procedimento contra Wagner

IMAGEM_NOTICIA_5 (2)A defesa do secretário Jaques Wagner cogita pedir a nulidade do procedimento realizado contra o seu cliente que investiga o pagamento de propina de R$ 82 milhões para ele (veja mais). Em entrevista à imprensa concedida na tarde desta segunda-feira (26), ele questionou a competência da atuação da Justiça Federal e a necessidade de um mandado de busca e apreensão contra Wagner. “Todas as verbas que passaram pelo estado, são verbas que estão sob controle do Tribunal de Contas do Estado. Há um processo em curso no Tribunal de Contas do Estado, ainda não concluído. Então não há razão de direito para que esse inquérito esteja sob custódia da Justiça Federal. Há um arsenal de questões que precisam ser esclarecidas”, argumentou Pablo Domingues, um dos advogados do secretário. “Se for reconhecida essa questão, por exemplo, de uma incompetência da Justiça Federal, o procedimento será todo nulo”, afirmou. O advogado lembrou que o inquérito na Justiça Federal teve início em 2013 e no último ano o secretário prestou depoimento no âmbito do caso na condição de testemunha para prestar esclarecimentos. “Ele sempre se colocou à disposição da Justiça. Ele nunca adotou nenhum comportamento que fosse capaz de motivar uma medida de força”, disse o advogado ao criticar a busca e apreensão realizada na casa de Wagner, localizada no Corredor da Vitória. “O que foi apreendido lá na residência dele, foram documentos públicos. bastava ir no cartório e buscar”, citou. “Que fato foi esse novo que aconteceu em cinco anos para se justificar uma medida de busca e apreensão?”, questionou Domingues. Mais cedo, Wagner também falou à imprensa e negou ter recebido propina (veja mais).

Fonte: Bahia Noticias

Se você não quer virar notícia não deixe que o fato aconteça,
acesse:www.esmeraldanoticias.com.br
Aqui a notícia em primeiro lugar e em tempo real

Com investimento de R$ 80 milhões, Rui lança dois editais voltados à agricultura familiar

IMAGEM_NOTICIA_5 (1)O Governo do Estado lançou nesta segunda-feira (26) dois editais do Programa Bahia Produtiva, um voltado para apoiar a formação de alianças produtivas territoriais e o outro para selecionar subprodutos para qualificação de agroindústrias da agricultura familiar. “A cada dez prefeitos que eu recebo, nove me pedem uma indústria em seu município e eu digo que a indústria já existe. Nós temos três milhões de baianos vivendo da agricultura e pensar no desenvolvimento do estado é pensar, obrigatoriamente, no desenvolvimento da agricultura familiar”, disse o governador Rui Costa durante o lançamento. Disponíveis no site da Secretária de Desenvolvimento Rural (SDR), os editais do programa Bahia Produtiva buscam assegurar a inclusão socioprodutiva de agricultores familiares. As inscrições começam no dia 1º de março e o prazo para envio de projetos é de até 60 dias. Serão investidos R$ 60 milhões em 30 projetos do edital Alianças Produtivas Territoriais e R$ 20 milhões em 40 projetos do edital de Qualificação de Agroindústrias da Agricultura Familiar. “São dois editais estratégicos que estão eminentemente ligados ao mercado privado”, afirmou o secretário da SDR, Jerônimo Rodrigues. A expectativa é que os investimentos melhorem o funcionamento das agroindústrias do estado e que ajudem a formar alianças entre cooperativas e associações da agricultura familiar e supermercados, restaurantes, hotéis e outros distribuidores de mercado.

Fonte: Bahia Noticias

Se você não quer virar notícia não deixe que o fato aconteça,
acesse:www.esmeraldanoticias.com.br
Aqui a notícia em primeiro lugar e em tempo real

Cartão Vermelho: PF pediu prisão de Wagner, Dauster e Daltro e TRF negou

IMAGEM_NOTICIA_5A Polícia Federal confirmou nesta segunda-feira (26) que requereu a prisão do ex-governador Jaques Wagner, do secretário da Casa Civil, Bruno Dauster, e do empresário Carlos Daltro. O pedido, no entanto, foi negado pelo Tribunal Regional Federal da 1º Região (TRF-1). “Nós entendíamos que era necessária a condução. Não havendo a possibilidade de condução, foi pedida a prisão temporária, que foi negada pelo Tribunal Regional Federal”, afirmou um dos delegados responsáveis pela Operação Cartão Vermelho, durante coletiva de imprensa. Os três foram indiciados pela PF no âmbito da Operação Cartão Vermelho, que investiga o superfaturamento na parceria público-privada (PPP) com a Fonte Nova Participações (FNP), deflagrada nesta segunda e que teve como alvos de mandados de busca e apreensão o ex-governador, o secretário da Casa Civil e o empresário.

Fonte: Bahia Noticias

Se você não quer virar notícia não deixe que o fato aconteça,
acesse:www.esmeraldanoticias.com.br
Aqui a notícia em primeiro lugar e em tempo real

Imagens

Entrar | Desenvolvido por HNews themes